Antes da viagem

Sou Camila Kater, tenho 25 anos, estudo Midialogia na Unicamp e em setembro de 2012 participei do programa Ciência sem Fronteiras na Anglia Ruskin University em Cambridge, cursando Film and Television Production por um ano.

Fiquei sabendo do programa pelo pai professor de um amigo e logo fui tentar minha sorte. Eu me encaixava nas exigências do programa, mas minha expectativa em conseguir ainda era baixa, uma vez que o programa abrangeria todo o Brasil e a oportunidade de fazer uma graduação sanduíche por um ano na Inglaterra parecia bem longe da minha realidade unicampense. Mesmo assim, não custava tentar; ou melhor, custava a taxa da prova de proficiência de inglês. Quebrei meu cofrinho e fui fazer o tal do IELTS.

Rascunhos - 10

Foram duas etapas de exame, uma prova escrita e uma entrevista. Lembro de ficar bem nervosa antes da entrevista, fazia tempos que tinha feito as aulinhas de inglês, mas tudo ocorreu bem. Tive que discorrer sobre viagens, o que foi mais que conveniente.

Documentação, assinaturas, resultado da prova de proficiência, lista de universidades para escolher, muita expectativa e incerteza; e finalmente: bingo! Mais esperado que a carta de admissão em Hogwarts, chegou meu resultado: Dear Camila Magalhaes Kater, we are delighted to inform you that you have been offered a place to study BA Film & Television Production at Anglia Ruskin University as part of the Science Without Borders programme in the UK.

Logo recebi por email informações relativas à minha nova morada: o room 126 da Peter Taylor House, uma das acomodações da universidade. Um quartinho bem confortável com banheiro privativo e um mural enorme para colocar meus desenhos.

Que alegria! Agora eu podia pesquisar Cambridge no Google sem medo de ser feliz. Faltava o visto britânico para estudante (Tier 4) e fazer as malas. Mas o que levar? Casaco de frio, bota, cachecol, touca, livro do Machado para não esquecer o português e mais 30 kg de Brasil! Que peso levar as malas no trem do Heathrow em Londres. Talvez não devia ter levado tantas coisas… Um ano depois voltei para o Brasil com muito mais, mas essas não se medem numa simples balança.

profile_blog

Anúncios

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s