Atividades Extracurriculares

versidadeÉ comum a várias culturas a noção de que a experiência universitária consiste não somente do fator acadêmico – aulas e estudo dirigido –, mas também de atividades extras que ajudam o estudante a formar caráter, desenvolver conhecimentos e socializar. Essa noção é ainda mais forte no Reino Unido do que em países como o Brasil, por alguns motivos: As cargas-horárias são reduzidas, de forma que o aluno possa estudar mais em casa e também se dedicar a atividades extras – algumas universidades não lecionam todas as quartas à tarde para que o aluno tenha tempo livre.

Além disso, como a maioria dos alunos britânicos mudam-se de cidade para irem à universidade, compreende-se que a socialização dos alunos é muito importante, para que eles não desenvolvam problemas psicológicos relacionados à distância da família. E por fim, a posição geográfica do Reino Unido, com o sol se pondo às 16h no inverno, faz com que as pessoas concedam uma importância maior ao conceito de hobbies – sendo esse algo que mantém pessoas ativas durante os meses de pouco sol, e não só um interesse geralmente associado a pessoas jovens, como a ideia do hobby é tida no Brasil.

Por esses e outros motivos, inclusive as universidades britânicas tendem a promover formas para que os alunos se engajem em atividades extracurriculares. Uma dessas atividades é o esporte, abordado a fundo no texto anterior do blog, Get active, se exercite. Abaixo, serão listadas outras atividades de interesse a intercambistas.

Societies (Sociedades)

Societies são organizações de alunos em torno de assuntos de interesse. Geralmente as universidades às financiam, e também organizam feiras para que os novos alunos (freshers) venham a conhecer as diferentes sociedades da instituição. Diferentes dos centros acadêmicos do Brasil, que geralmente focam-se nos três temas de esportes, festas e estudos, as societies no UK podem existir ao redor de qualquer interesse, por exemplo Anime, Música, Cinema; ou também grupo político ou religioso, como Socialistas, Ateus, etc.

O custo-benefício das sociedades pode ser muito bom. Por exemplo, uma filiação junto a sociedade de cinema, pode conceder ao participante um filme na sala de cinema da universidade com pós-discussão por semana pelo valor de 10 libras anuais. Às vezes a ideia de algumas societies pode parecer fora de propósito ou absurda, como por exemplo sociedades para a apreciação de queijo (sim, isso existe), porém geralmente providenciam ótimas formas de conhecer pessoas com interesses similares aos seus, e tomar parte de atividades a custos reduzidos. Societies de cunho profissional (cujas participações podem ser aproveitadas posteriormente para o currículo) também são recomendadas, como sociedades de Debate, Empreendedorismo etc.

Cursos extras

Dada a carga horária em universidades britânicas (de 12 a 15 horas semanais para cursos de engenharia, por exemplo), alunos que conseguem acompanhar a carga de estudo dirigido podem e devem tomar parte em cursos extras. Esses podem ser cursos gratuitos ou pagos, ofertados pela própria universidade ou não, como por exemplo cursos de Aprender Inglês através de Literatura, cursos de Oratória etc. Cursos de língua estrangeira são também uma boa pedida, pois aprende-se um novo idioma reforçando-se o inglês ao mesmo tempo. Por fim, recomendo também aprender um novo instrumento, seja esse aprendizado autodidata, por curso ou por algum colega interessado em dar aulas, que você conheceu através da Sociedade de Música, por exemplo.

Voluntariado e Ativismo

Essas duas áreas certamente são muito amplas no UK. Tendo interesse, as oportunidades são muito variadas. Você deseja embalar mercadorias em um supermercado em troca de doação para crianças doentes? Você encontrará uma caridade que promove essa atividade. Você deseja tomar parte em ativismo pacífico para os direitos humanos? Pode ter certeza que você poderá. Quer protestar contra a austeridade em uma praça pública? Visitar senhores de idade em um asilo? Voluntariar em  um abrigo para cachorros abandonados? Pode ter certeza que será possível.

Naturalmente há muitas outras atividades que não puderam ser abordadas nesse texto formato blog. O importante é que ele tenha sparkled suas criatividades :). Minhas dicas para seu tempo de intercâmbio são: Se você consegue, faça muito! Conheça pessoas diferentes! Viva experiências novas! E você não se arrependerá. Ciao!

assinatura_Eduardo

Anúncios

3 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s